Bárbara Salimena

Juiz de Fora - MG
contatoholychic@gmail.com
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Conhecendo Kassel, Alemanha

22/07/2014

No início do ano de 2013, fiz um curso de alemão na Alemanha, passando 7 semanas lá. Eu sempre tive o sonho de conhecer este país e já estudava alemão há alguns anos, até que a oportunidade apareceu como uma bolsa que me foi proporcionada pelo instituto DAAD.  Além de ter me desenvolvido muito no idioma, tive a oportunidade de conhecer lugares maravilhosos e aprender mais sobre a cultura de lá.

 

O curso aconteceu na cidade de Kassel, localizada em Hessen, à uma hora de Frankfurt, conhecida por ser “a cidade dos irmãos Grimm”. Além das excursões realizadas pelo próprio curso, que nos levaram aos pontos mais importantes de lá, a alguns vilarejos próximos e a Frankfurt, tive a oportunidade de visitar nos finais de semana lugares incríveis como Berlim e Hamburgo e conhecer o famoso carnaval de Colônia.  Fora da Alemanha, realizei também o sonho de visitar Paris e Londres.

Museu dos irmãos Grimm

 

Fazer viagens curtas como essas exige planejamento se quisermos visitar os lugares que nos interessam. Temos que fazer escolhas, pois infelizmente não dá pra ver tudo. É importante ter em mãos o mapa da cidade e o mapa do metrô, assim é fácil se localizar e planejar os locais a serem visitados. Como o sistema é super organizado, é difícil se perder. Há  tours que são oferecidos principalmente nas cidades grandes que podem ser pagos ou algumas vezes gratuitos, mas é bom pra se situar na cidade e conseguir ver os principais pontos turísticos em pouco tempo. É bom ficar atento a todos os panfletos que tem nos hostels e hotéis, pois muitos trazem informações sobre esses tours, além de informações sobre a programação cultural local. Falando de hostels, pra quem tá viajando com pouca grana e não se importa de dividir quarto é uma ótima opção.

  

Uma outra dica também é se deixar levar pela cidade, experimentar a comida local, conversar com as pessoas, passear. Se você gosta de fazer compras ou quer trazer lembranças, não leve muitas coisas na sua mala. É muito bom registrar os momentos da viagem, mas não ficar escravo da câmera e curtir o momento é super importante!

 

Mas falando um pouco mais de Kassel, é uma cidade média,com por volta de 200 mil habitantes, que foi totalmente destruída na Segunda Guerra.  Como a arquitetura é nova, não é considerada uma cidade bonita pelos alemães, mas há lugares incríveis para se visitar. O mais famoso deles é o Bergpark Wihelmshöhe e sua famosa cascata, tendo o monumento do Herkules ao topo, cercada por  uma maravilhosa floresta e lindos castelos abertos à visitação, o Lowenburg e o Wilhelmshöhe.  Também há o castelo Wilhelmstahl, que é super bonito. Localizado em uma área mais afastada, tem um estilo diferente.   Um lugar que também é lindo é o palácio Orangerie, que possui um jardim totalmente simétrico e se localiza numa região mais central.

Schloss Wilhelmstahl

 

Algo indispensável é uma visita ao museu dos irmãos Grimm, mas também é legal notar as várias refêrencias a eles presentes na cidade.  Por falar em museus, o Fridericianum é o mais antigo da Alemanha, e perto dele há o Naturkundemuseum, onde é possível ver réplicas de animais e fósseis, uma visita muito legal.

Naturkundemuseum

 

Outra coisa super bacana é o teatro da cidade.  Há apresentação de várias peças famosas, como o Diário de Anne Frank, Evita e a Flauta Mágica, todas incríveis.

  

Na Europa, em geral, os prédios da prefeitura são grandiosos e lindos. Em Kassel não é diferente, também vale muito a pena visitar.

 

Falando de compras,os locais onde mais comprei eram nos shoppings na região central da cidade. É possível encontrar lojas como C&A, H&M, New Yorker, Douglas, Mango, entre outras, com roupas e sapatos super estilosos por preços baixíssimos, especialmente nas temporadas de liquidação, como em janeiro e fevereiro. Cada shopping parece ter um “status”, alguns com lojas mais populares, outros com lojas mais caras. Na Königsplatz é possível encontrar um Starbucks pra tomar um cafezinho e se aquecer, mas há quem prefira os sorvetes em pleno inverno!   É uma boa também experimentar as cervejas regionais, há sempre uma típica de cada cidade

 

Para finalizar, acredito que o principal ao se fazer uma viagem como essa é manter sempre a mente aberta ao lidar com outras culturas. Deixar os esteriótipos para trás é uma ótima dica, assim como não julgar os costumes, valores e pensamentos que são diferentes dos nossos. Acho que quando estamos em um ambiente novo, seja ele qual for,  com educação, simpatia e principalmente bom senso, é possível encontrar portas abertas e fazer grandes amizades.           

                         Uma das mais famosas atrações de Kassel, o BergPark Wihelmshöhe. Ao topo, o monumento do Herkules.

 

Criei um blog para manter os amigos e familiares atualizados sobre os acontecimentos da viagem, é o Reise Reise! Lá é possível encontrar um diário descrevendo detalhadamente as experiências que vivi, desde os preparativos até a volta ao Brasil. 

 

 

POSTADO POR: Bárbara Andrade

Tags:

Please reload

Playlist - Novembro 2019

18/11/2019

Halloween de última hora: guloseimas prontas

29/10/2019

1/5
Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

POSTS RECENTES

Please reload

TAGS

Please reload

Bárbara Salimena, 27 anos.

É formada nos cursos Artes e Design e Moda da UFJF. Vegetariana, é apaixonada por animais em geral, mas seus maiores amores são a cadelinha Isis e os gatinhos Mia, Vicky, Nick e Lucy. Adora moda, lanches, maquiagem, música, filmes e ler um bom livro.